domingo, 11 de março de 2012

Entrevista completa com o ex-prefeito LUIZ PAMPONET.

  1. No início da década de 80 o senhor foi eleito prefeito e administrou Macajuba durante seis anos. Quais os principais benefícios que o senhor trouxe para a cidade durante aquele período?
Primeiro, agi politicamente, juntando-me ao prefeito de Ruy Barbosa, Manoel Antônio, e ao de Baixa Grande, Heraldo Miranda. Sozinho não tinha força, até porque eu era do partido de oposição, enquanto Heraldo e Manoel Antônio eram do PDS.
Na época, o governador era João Durval, que no início nem me recebia, porque tinha medo de Antônio Carlos Magalhães. Então, montamos uma estratégia e trouxemos água para os três Municípios. Não foi uma obra da prefeitura, mas foi uma obra de importância extraordinária para a região e foi uma ação política dos prefeitos.
Outra obra importante que eu consegui agindo politicamente (que me custou um preço político muito alto, porque se eu não apoiasse Josafá Marinho eu não teria essa obra, e os companheiros políticos não entenderam naquela época) foi a ponte ligando Nova Cruz a Santa Luzia. Quando o rio enchia, tinha um cidadão que fazia a travessia da população em uma balsa de mulungu. Nela ele transportava mulheres grávidas, crianças e pessoas doentes, cobrando por isso. Então, ele se sentiu prejudicado porque fiz a ponte e se tornou meu adversário.
Ainda com a ajuda do governo do estado, foram construídos o complexo policial e sete escolas rurais, nas fazendas de Agrário, de Tarcísio Sampaio, no Jundiá, na fazenda de Luiz Araújo, no Bom Produto, na Iramaia e na Lagoa Funda.
Então, essas foram as principais conquistas junto a um governador que era adversário político e que me tratou muito mal no início, mas depois amaciou e, aí, vieram outras conquistas, dentre elas, a de um trator de esteira.
Outro fato muito importante que eu gostaria de falar é que, naquela época, água era distribuída em carro-pipa e captada no açude de Epitácio, sendo proibida à prefeitura o comando dos carros, esses acabavam indo parar nas mãos do pessoal da oposição.
Em Macajuba, houve inúmeros casos de venda de água. Então, fui à televisão e fiz uma denúncia pública, dizendo o seguinte: “O melhor emprego em Macajuba é ser do PDS e ter acesso ao carro-pipa”. Em seguida, fui à SUDENE e levei um documento denunciando tudo que estava errado no processo de distribuição de água em Macajuba, e o superintendente da SUDENE me disse: “Vou mandar em Macajuba fazer uma pesquisa, se for verdade o que o senhor está me dizendo, tudo vai mudar.”. Então, ele mandou fazer a tal pesquisa e o relatório disse o seguinte: “O prefeito foi modesto nas suas denúncias, acontece muito mais do que isso.”. Eles tiraram os carros-pipa dos particulares e deram à prefeitura. Então, eu fiquei com quatro carros-pipa. Consegui, também, o poço artesiano com chafariz para Santa Luzia.
Naquela época a inflação era muito alta, em torno de 25% ao mês. Ai entrou a ação da prefeitura. Existia um atraso médio de pagamento ao funcionalismo de até 6 meses. Foi promessa de campanha elaborar uma tabela de pagamento, e cumpri. Eu elaborei essa tabela pagando sempre no dia 10 de cada mês. O recurso do Fundo de Participação dos Municípios chegava no dia 18, dia 20,e eu aplicava esse recurso, era proibido pelo Tribunal de Contas fazer isso, mas eu não ia deixar o dinheiro se desgastando no banco com tanta necessidade que o povo tinha. Então, com o resultado dessa aplicação financeira eu fiz o loteamento lá em cima, arruei e botei meio-fio nele todo. Eu fiz 90 casas populares e dei sem nenhum critério político, apenas por necessidade familiar e faixa de renda. Fiz mais algumas casas em Nova Cruz. Fiz o Mercado Municipal, fiz o Centro Comunitário, fiz outro mercado que eu pleiteei trazer a Cobal para Macajuba, via Brasília, quase consegui, mas acabei não conseguindo e na gestão do meu sucessor, ele destruiu essa obra pra incorporar à Praça de Eventos.
Instalei, ainda, com recursos da prefeitura, uma fábrica de manilhas, bloquetes e meio-fio, o que possibilitou empregar, permanentemente, 15 pessoas e calçar vários trechos da cidade, colocando ainda meio-fio em todo arruamento de Macajuba e Nova Cruz. Tudo isso foi destruído pelo meu sucessor, que colocou no lugar uma pedreira em sua fazenda Santo Antonio, vendendo material para a prefeitura, com o uso de laranja.
Fiz o loteamento Planalto, com 250 lotes, e áreas para hospital, ginásio e um novo cemitério.
Em Nova Cruz, com recursos próprios, adquiri uma área para 250 lotes e fiz mais 25 casas populares. Institui a administração distrital e nomeei Noé Mascarenhas como administrador, dando-lhe toda condição de trabalho, com ambulância, caçamba, Caravan, medicamentos e assistência médico-odontológica gratuita. Lá em Nova Cruz construí, ainda, 22 reservatórios, com capacidade para 22 mil litros em cada um.
Consegui municipalizar a merenda escolar, com o consumo de produtos locais e aumentando a circulação de dinheiro no Município, além de construir o prédio da própria merenda. Implantei o serviço telefônico DDD e DDI, um grande avanço para a época, e instalei um posto telefônico em Nova Cruz. Pagava o décimo-terceiro salário ao funcionalismo em junho e dezembro e a prestação de contas mensal da prefeitura era publicada todo mês.
Outra coisa importante que fiz foram 250 aguadas, a custo zero para a população, pequenos e médios proprietários. No final da gestão, já na campanha eleitoral de Josafá e Valdir, eu consegui um convênio para construir o estádio de futebol. Eu comecei as obras, mas o dinheiro acabou e eu não tive como conseguir mais, porque Josafá perdeu a eleição. Mas, eu toquei até onde pude com recurso próprio. Recentemente, Aécio conseguiu recurso para prefeitura e Tarciso deverá concluir o estádio, obra minha.
Tem inúmeras outras coisas. Eu instalei a Farmácia do Povo, fornecendo remédio gratuito para todo mundo, naturalmente, com critérios, com receita médica, com indicação correta, as pessoas tinham garantia do seu remédio e quando não tinha, eu comprava o remédio e dava. Então, foram essas coisas que eu falei aqui, preliminarmente, mas existem muitas outras que eu não me lembro no momento. Eu fiz um impresso me despedindo do povo quando encerrou minha gestão, nele eu agradeço às pessoas e informo as obras que eu realizei durante a minha gestão. Muita gente ainda possui esse impresso, às vezes, quando estou na zona rural do município, as pessoas falam: “Seu Luiz, eu to lá com seu livrinho, eu sei o que o senhor fez aqui.”, e isso me gratifica muito.

  1. Como o senhor explica as transformações sofridas, nos últimos 30 anos, no grupo que ajudou a eleger o senhor em 1982?
Isso é um tanto complexo, porque é uma viagem que se faz. Uma viagem longa, num carro velho, que vai quebrando, vai dando trabalho, às vezes tem que empurrar e tem gente que vai nessa viagem pensando que vai no ar condicionado ou vai de avião. Na hora do sacrifício, as pessoas fogem, porque querem o bônus, não querem o ônus da luta política. São pessoas que tem casos a resolver, não tem causa.
Então, os que ficaram comigo é porque tinham causa com o povo, para resolver os problemas da população mais carente. Esses que debandaram, foi porque tinham casos pessoais a serem resolvidos, então, não era conosco que eles iam resolver. Realmente, agiram inteligentemente, saindo.

  1. Por que o senhor passou um longo período afastado da política macajubense e até mesmo do município? E o que levou o senhor a se reaproximar a partir de 2004?
Eu saí de Macajuba quando encerrou o meu mandato, consciente de que se eu continuasse ligado à Macajuba, eu não sairia da política. Então, eu fui cuidar da minha vida, porque eu fui muito prejudicado nos meus negócios pessoais me ausentando por 6 anos.
Eu achei que eu não voltaria mais, era o meu propósito. Mas, assim como da vez anterior, eu passei 18 anos e senti necessidade de voltar para ajudar o povo e agora, que a minha vida está arrumada, eu senti a necessidade de voltar para ajudar o povo. Eu não quero nada de ninguém, eu quero ajudar o povo.

4.      O senhor apoiou e financiou as duas últimas campanhas para prefeito no município, nas quais o Sr. Tarciso foi o candidato e, em 2008, enfim, conseguiu derrotar o ex-prefeito Fernão Sampaio. Diante das críticas que o prefeito Tarciso vem sofrendo sobre a sua administração, o senhor se arrepende de tê-lo apoiado e financiado nas últimas campanhas?
Não. Primeiro, eu não financiei campanha, eu ajudei financeiramente, assim como outras pessoas fizeram, e não me arrependo. Porque nós estamos defendendo uma causa que não é nossa, é do povo. O fato de Tarciso ser avaliado, hoje, como prefeito não ideal, até Jesus Cristo foi passível de críticas.
Os problemas são volumosos e cada um dirige com seu estilo pessoal. Tarciso é muito de delegar. Eu acho que os quadros políticos e administrativos de Macajuba não estão preparados devidamente para receber uma delegação de tantas atribuições sem uma participação e um controle direto do gestor.

5.      Como o senhor avalia a administração do prefeito Tarciso?
Tarciso está desgastado, assim como em outros municípios, onde a maioria dos prefeitos também está desgastada. Isso ocorre em decorrência da própria defasagem dos recursos repassados para as prefeituras e eu acho que essa é a principal causa de Tarciso estar sofrendo algum desgaste. Mas, ele tem a seu favor uma coisa que precisa se compreender, que é o jeito político. Ele se aproximou do governador e esse tem feito muito pelo município, através da gestão de Tarciso. Eu gostaria muito de ter tido um governador como Jaques Wagner.

  1. Os secretários atrapalharam mais do que ajudaram?
Não, eu acho que não. Anteriormente, existia uma concentração de poder e Tarciso chegou com essa preocupação de não concentrar. Sendo assim, delegou demais e algumas pessoas não estavam preparadas, mas eu acho que eu faria tudo de novo, de outra forma.

  1. Se o senhor fosse prefeito, o que mudaria em Macajuba?
Mudaria alguma coisa, até mesmo pelo estilo pessoal, que é diferente. Algumas coisas desagradariam no meu estilo e outras, agradariam.
Mudaria a relação com o povo, porque na minha época a prefeitura abria aos sábados e as pessoas trabalhavam contrariadas, mas trabalhavam. Comigo tem que trabalhar. A prefeitura funcionava, principalmente, para atender ao pessoal da área rural, que se desloca durante a semana, se sacrifica, perde um dia de trabalho e às vezes o prefeito não está no município, porque os problemas estão ai e as soluções estão fora e ele vai buscar as soluções. Mas, o pessoal da zona rural não sabe, vai lá falar com o prefeito e o prefeito está em Salvador, por exemplo. Então, tinha o dia certo, todo mundo sabia que podia vir à feira e ir à prefeitura, que seria recebido. Eu fazia a mesma coisa com os povoados de Nova Cruz e Santa Luzia, todo domingo, se eu estivesse no município, estaria em Nova Cruz.

8.      Durante entrevista concedida ao blog, o prefeito afirmou que a fábrica de calçados, especulada antes da eleição de 2010, havia sido uma promessa do senhor. O que realmente tem de verdade nessa história? A fábrica será instalada em Macajuba?
Eu nunca prometi fábrica, até porque isso eu não posso prometer. Mas, eu me empenhei pela fábrica e fiz um contato no Rio Grande do Sul com uma indústria que se interessou em analisar o mercado em Macajuba. Queria se instalar em Macajuba, mas queria decidir rapidamente, se iria para Macajuba ou se iria para o Bravo.
Chegando a Macajuba, eu fui à prefeitura e nós saímos para mostrar a cidade aos industriais. Mostramos o Mercado Velho, que precisaria ser feito uma reforma, demoraria em torno de 4 a 5 meses, então, eles descartaram. Fomos à Praça de Eventos ver se poderia funcionar lá, mas eles, também não gostaram, vetaram. Chegamos ao Centro Comunitário e eles adoraram, disseram: “É aqui o lugar da fábrica!”. Mas, Tarciso ficou preocupado com um compromisso que ele tinha com Bal de explorar um bar e colocou essa dificuldade, com isso, ele não decidiu com a rapidez que os industriais queriam. Eu até apresentei a solução de isolar o salão com a parte da varanda, mas, isso não satisfazia os industriais, só o Centro Comunitário todo. Dois dias depois, Tarciso refletiu e resolveu conceder todo o espaço e então, ele me ligou. Quando eu liguei para os industriais, eles já tinham fechado negócio com o Bravo.

9.  Ainda sobre as eleições de 2010. Como o senhor avalia, pensando no município, o desempenho dos candidatos Neuza Cadore, Ze Neto e Afonso Florence, apoiados pela coligação do atual prefeito (da qual o senhor faz parte), naquela oportunidade?
É uma avaliação que só o prefeito pode fazer. Mas, a deputada Neuza, eu me empenhei muito por ela, ela não gastou um tostão, absolutamente, o custo dela foi ir lá algumas vezes. Ela é uma pessoa de relacionamento fácil, simpática, leve, mas, em uma campanha política, o político assume alguns compromissos com o povo e eu assumi alguns compromissos que eu considerava viáveis de serem atendidos. Por exemplo, rede de energia para a área rural, rever funções estaduais para alguns companheiros, entre outros. E Neuza, após ter encerrado a eleição, se reuniu comigo e com Aécio durante três horas e anotou tudo. Até um estágio que eu pedi a ela para o neto de Chica, de Santa Luzia, Flávio, um rapaz brilhante, cursando engenharia na UFBA. Saiu de Santa Luzia, fez um vestibular na UFBA e passou, enquanto os filhinhos de papai perdem. Então, eu acho que eu tinha o dever de ajudar esse rapaz. Ele precisava de um estágio no CNPq e estaria credenciado a partir do 5º semestre e já estava no 6º. Então, eu fui a Neuza e pedi isso.
Procurei discutir com ela outras coisas de cunho político e ela marcou um almoço comigo, Aécio e irmã Cleuza. Isso foi no mês de dezembro após a eleição e eu só voltei a falar com Neuza recentemente, porque eu mandei fazer uma pesquisa em Ipirá e incluí o nome dela. Então, eu encontrei Afonso Florence em um restaurante e comentei com ele que tinha mandado fazer essa pesquisa e ele me pediu uma cópia da pesquisa. Eu achei deselegante dar uma cópia a Afonso e não dar a Neuza. Então, levei na casa dela duas cópias e deixei um bilhete pedindo para que ela entregasse uma a Afonso. Ela me ligou no outro dia pra agradecer e me convidar para um almoço. Eu fui ao almoço, mas não tratamos mais de nada do que foi tratado lá atrás.
Então, eu não faço política com pessoas assim.

10.  Em poucas palavras, como o senhor definiria o ex-prefeito Fernão Sampaio?
É difícil pra mim. Foi uma invenção minha, era um rapaz que chegava em Macajuba e não conhecia ninguém. Eu acreditei nele, fiz o que pude por ele, o ajudei a se viabilizar como candidato, até não sendo muito correto com Ney Pamponet, que era o meu candidato e foi muito leal comigo. Mas, o grupo demonstrava uma aceitação melhor por esse rapaz.
Eu fiz tudo por ele. Depois, até no plano pessoal as coisas ficaram difíceis. Eu prefiro não me estender, porque eu respeito as pessoas, senão, eu não posso exigir respeito a mim.

11.  Por toda a história política do ex-prefeito Fernão, o senhor sente orgulho ou culpa de tê-lo incentivado e o ajudado a entrar na vida política?
Eu não me arrependo de nada. Eu acho que tudo que acontece é necessário acontecer. É a vida que se apresenta, às vezes, com certas dificuldades pra você aprender a resolver as coisas e conhecer melhor as pessoas.

12.  Em 2012 teremos nas urnas a disputa entre o criador e a criatura, ou seja, entre o senhor e o ex-prefeito Fernão?
Não, essa disputa não vai existir. Essa é uma causa menor pra mim. Eu sou um vitorioso diante dele, na vida, nas conquistas de amizades pessoais, na credibilidade. Eu até tenho vontade, mas eu não posso.

13.  Então, por que o senhor se filiou ao PSB e transferiu o título de eleitor para Macajuba, sempre deixando para executar tais ações nas datas limites?
O prazo limite foi a dúvida que existiu, mas, nunca pensando em me viabilizar como candidato. Agora, me viabilizar sempre como um político acreditado pelo povo e que pudesse influir e melhorar o ambiente político em Macajuba.

14.  Caso não seja o candidato, o senhor não acha que estará traindo parte da população macajubense, que acreditou no senhor e conta com a sua candidatura para impedir o retorno do ex-prefeito Fernão?
Não, eu não vejo como traição. Até porque eu nunca disse a uma pessoa que seria o candidato, eu sempre disse que não poderia ser. Mas, eu faço questão de estar no ambiente político e desenvolver uma ação política. A minha causa é ajudar o povo, mas não se ajuda só sendo prefeito.

  1. Caso o senhor não seja o candidato, quem seria o nome ideal para disputar a eleição deste ano?
Eu acho que hoje se faz política ouvindo a população, através de pesquisa. Eu acho que quem for mais viável na aceitação do povo, devemos apoiar. Alguém do grupo.

16.  Muito se comenta nos bastidores sobre a possibilidade do seu irmão Aécio ser o candidato a prefeito. Como o senhor vê essa possibilidade?
Aécio é uma figura humana maior do que todas essas que estamos citando, é uma pena se fazer política em Macajuba caluniando, mentindo, difamando, inventando. Porque dizem o seguinte: “Uma mentira quando é repetida muitas vezes vira verdade.”, e o povo acredita. Aécio teve o estilo dele de administrar com muita correção, muita dedicação, muito amor e ele tem o jeito dele, eu tenho o meu e cada um tem o seu. Ele pode ter tido alguma falha, mas não merecia nunca ter sido carimbado como tentaram fazer com ele. Isso desgostou muito ele e eu não sei qual é o apetite que ele tem pra isso, mas eu estou com Aécio pra tudo. Sem dúvida, se ele for o candidato eu estou com ele e eu vou pra lá, vou morar lá.

  1. Como o senhor visualiza o futuro político de Macajuba, tendo em vista que aquelas pessoas que começaram com o senhor em 1982 já estão em idade avançada e, possivelmente, se afastarão da política nos próximos anos?
Essa é uma falha política que vem se cometendo em Macajuba, de não formar novos quadros. Porque as pessoas têm ânsia do poder, têm ânsia de concentrar o mando, então, não querem sombra, não aceitam ninguém novo para não dar continuidade. Ele quer escolher e nomear o capataz pra ele continuar no mando, mesmo ausente do poder. Então, isso é terrível para o município, porque as gerações novas vão ficando esquecidas. É exatamente isso que estamos querendo resgatar a partir de agora.

18.  O senhor gostaria de deixar uma última mensagem para o povo macajubense?
Uma mensagem de amizade, porque eu tenho amizade sincera. E dizer que eu não tenho nenhum propósito pessoal, até porque eu saí de Macajuba sem nada e volto com alguma coisa, então eu estou lá pra dividir alguma coisa com o povo e não tirar do povo.
Em Macajuba não tem nada pra mim, materialmente falando. Tem afetivamente. Eu quero a relação de amizade e de afeto sincero com todas as pessoas, sem discriminação. Até porque tem muita gente que está do outro lado, que são meus amigos e eu estou sempre à disposição dessas pessoas todas.

88 comentários:

  1. Meu caro amigo Luiz Pamponet,
    Você foi e sempre será lembrança grata do nosso povo, por tudo que você fez e continua fazendo pelo bem estar da nossa gente.
    Sabe Luiz, o tempo passa e com ele, ficam as lembranças dos dias felizes. E como nunca iremos esquecer, eternamente lembraremos os seus muito feitos por nossa terra Macajuba.
    Para você amigo, tiro o meu chapéu. Pois, sei do seu reto caráter, do seu amor por Macajuba, por sua dedicação e amizade por nossa gente.
    Macajuba merece sim, ser lembrada por pessoas assim como você, que mesmo tendo sua vida particular bem sucedida nos negócios, nunca virou as costas para os problemas macajubenses. Pelo contrário, você continua sempre o homem brilhante, honesto e verdadeiro de qual, nos orgulhamos de um dia termos sido administrados com tamanha maestria como no seu governo.
    Tenho certeza, de que está com você, é a melhor solução para de todos os nossos problemas.
    Macajuba merece o melhor. E o melhor é ter como administrador um cidadão, reto no falar, no proceder e no agir. Um cidadão, que não tem medo de olhar no olho do seu povo, que não tem vergonha de lhes estender as mãos para lhes ajudar a sarar suas dores.
    Este é Luiz Pamponet eterno prefeito de Macajuba.
    Obrigado Luiz por tudo que você é e faz por nós.
    Abraços companheiro

    ResponderExcluir
  2. Ninguém Importante13 de março de 2012 22:42

    Há algum tempo acompanho com entusiasmos este Blog, confesso que criei certa expectativa com a entrevista com o Senhor Luiz Pamponet, mas diferente do que imaginei por saber que é uma característica inerente do então entrevistado ser objetivo e direto, a entrevista no meu conceito, foi evasiva e contraditória, digna de um pré-candidato.

    Enfim depois de longos anos de ausência da cidade que diz gostar tanto, afirmar que se “prejudicou” nos negócios pessoais em optar por Macajuba, se preocupar com o povo só depois ter arrumado a própria vida, onde está o real desprendimento? Se não tivesse arrumado a vida financeira sentiria necessidade de voltar? Afinal Macajuba é prioridade ou segundo plano?

    O Senhor vai continuar financiando campanha ou ajudar financeiramente? Já que os que são titulados ou se intitulam porta-vozes estão aqui cantando aos quatro ventos que: O homem do dinheiro vem aí.

    O atual prefeito Tarciso está fazendo apenas uma “desgastada” administração, nesse fragmento do texto, o senhor esta sendo muito complacente, característica que fica explícita na entrevista que não lhe pertence. “Comigo tem que trabalhar”.

    Em relação aos secretários, ficou a incógnita, eles ajudam ou atrapalham? O modelo de administração, tão defendido durante a campanha de 2008, em delegar não centralizar poderes foi esbarrado no estilo omisso do gestor ou na falta de preparo das pessoas escolhidas por critérios políticos?


    A promessa em trazer a fábrica de calçados para Macajuba, simplesmente tropeçou em um compromisso que o prefeito assumiu com o Senhor Arquibaldo. Não seria uma solução fácil e muito mais vantajosa para todos em Macajuba, a vinda da fábrica e um novo compromisso com o próprio Senhor Arquibaldo para lá também trabalhar? Não quero fazer cronologia, mas se foram apenas dois dias para decidir a vinda da fábrica pelos industriais, por que passou toda a campanha prometendo os trezentos empregos, com vários colaboradores nas ruas com direito a pranchetas colhendo nomes e dados de pessoas para trabalharem na então fábrica?
    Na campanha anterior, em Nova Cruz, uma pedreira seria aberta e traria muitos empregos, faltando alguns meses vários geólogos amigos do atual prefeito, foram ao terreno do então candidato a vice na época, fazer os devidos estudos, levaram maquinários pesados contrataram vigias noturnos, foi aquela euforia, só depois das eleições descobriu-se que o terreno não era adequado e nunca mais falaram nela, será que esse ano vão abrir outra pedreira ou outra fábrica?
    Qual dos dois, ou os dois estão desdenhando da inteligência do povo?


    Se existir uma invenção política do Senhor, sem sombra de dúvidas e seguramente todos poderiam afirmar que é Tarciso Pamponet, o modelo de prefeito ideal defendido tão veementemente nos palanques e bastidores pelo Senhor.
    Engraçado, Fernão tem certeza absoluta que é uma invenção de Ramalho Borges Sampaio.

    Agora uma das maiores contradições é articular que: “é uma falha política que vem se comentando em Macajuba, de não formar novos quadros” e no parágrafo supra “ Aécio é uma figura maior do que todas essas que estamos citando.” O ex-prefeito Aécio Pamponet seria um nome novo?

    Em relação aos sentimentos sinceros, da amizade, da afetividade todos nós brasileiros os conhecemos muito bem, sabemos que eles existem, principalmente em ano eleitoral.

    ResponderExcluir
  3. Senhor Leandro, é impossível ficar indiferente a última mensagem deixada por o Senhor Luiz Pamponet:
    “ATÉ PORQUE EU SAÍ DE MACAJUBA SEM NADA E VOLTO COM ALGUMA COISA, ENTÃO EU ESTOU LÁ PRA DIVIDIR ALGUMA COISA COM O POVO E NÃO TIRAR DO POVO”
    Senhor Leandro, para quem assisti e lê jornais todos os dias, onde o tsunami de reportagens sobre denúncias de políticos tipicamente “brasileiros” , essa entrevista deveria ir para o Jornal Nacional, com a seguinte manchete:
    O Senhor Luiz Pamponet ex-prefeito de Macajuba, diante de sua abnegação acaba de ter a honra de entrar para o seleto TIME DO INACREDITÁVEL POLÍTICA CLUBE.
    Qual será o próximo político desinteressado a entrar neste time no decorrer deste ano eleitoral?
    Só por esclarecimento a aquisição do Kalifa foi antes ou depois de 1982?

    ResponderExcluir
  4. Para sermos democraticos, acho que este blog tambem deveria ter uma entrevista com o senhor Fernao Sampaio,afinal este blog e para defender os interesses de um politico so? Ou para mostrar ao povo Macajubense a real situacao politica do nosso municipio?
    Procurem Fernao tambem e facam com ele uma entrevista tenho certeza que nao se recusara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar do anonimato publiquei e agora responderei esse comentário.

      Caro Anônimo(a), seu comentário é bastante pertinente, afinal vivemos em um país democrático, onde todos temos (ou pelo menos deveriam ter) os mesmos direitos e os mesmos deveres. Por isso, quero informar a você e a todos aqueles que estão com igual questionamento que o convite foi feito ao ex-prefeito Fernão Sampaio, mas, infelizmente, ao contrário do que você pensou, ele se recusou.

      Segundo a pessoa que intermediou o convite, Fernão disse que gostaria de dar a entrevista, mas, não agora. Que eu deixasse a entrevista para depois que ele registrasse a sua candidatura, ou seja, a partir de julho.

      Então, para todos aqueles que estavam com o mesmo questionamento está dada a satisfação.

      Obrigado a todos pela participação.

      Att,

      Excluir
  5. EX FUNCIONARIA DE AECIO15 de março de 2012 20:30

    " Aécio é uma figura humana maior do que todas essas que estamos citando, é uma pena se fazer política em Macajuba caluniando, mentindo, difamando, inventando. Porque dizem o seguinte: “Uma mentira quando é repetida muitas vezes vira verdade.”, e o povo acredita"

    Desculpe Luiz, no caso de Àecio não é mentira contada muitas vezes é verdade repetida muitas vezes.
    Eu fui/sou uma funcionária publica concursada ,trabalhei, dei duro (sem ar condicionado ) e fiquei 3 ou 4 meses sem receber salário. Motivo ? Não sei, porque no estabelecimento que trabalhei ele paggou alguns e outros não.
    Quanta humanidade, respeito,responsabilidade...
    Interessante é que votei para ele... Que escórnia...
    VOCE ME DEVE AÉCIO, SABE QUE TEM QUE PAGAR ...ALGUM DIA, DE ALGUMA FORMA ...

    ResponderExcluir
  6. Maria
    Apaixonados o homem do dinheiro está chegando mesmo estão com medo morram aproveite e façam logo o plano funerário pq ele vai entrar e daí, cuidem do coração que a cobra vai pegar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria vc deve ser apaixonada pelo homem do dinheiro ou pelo dinheiro do homem?

      Excluir
    2. Maria peça a o homem do dinheiro para comprar um lugar no inferno para vc e ele, por que no ceú não entram e no inferno vai precisar subornar até o diabo

      Excluir
  7. Ex funcionária falar em pagar tu não quer receber na mão de Luís o cheque de FERNÃO que deve a LUIS DO APARTAMENTO QUE O MESMO emprestou. Ele passa por qualquer valor Antonio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém Importante19 de março de 2012 14:31

      É muita contradição.
      O Senhor Luiz Pamponet afirma com muita “humildade” (até demais para quem o conhece), na entrevista acima que:
      “Eu sou um vitorioso diante dele.”
      Como uma pessoa que se diz tão vitoriosa, com tanto dinheiro, com tanta influência no judiciário, pôde perder um apartamento emprestado para uma simples pessoa, já que diz ter documentos comprobatórios em mãos?
      Por que nunca o acionou na justiça?

      Excluir
  8. Caros leitores, peço atenção no momento em que estiverem redigindo os seus comentários, pois, alguns comentários já deixaram de ser publicados por conterem ofensas pessoais ou por serem postados anonimamente com conteúdos ameaçadores e desordeiros. Por isso, caros leitores, volto a pedir que pensem um pouco antes de postar algum comentário. Tentem deixar o fanatismo partidário um pouco de lado e sejam mais racionais em seus comentários.

    Vamos discutir idéias, propostas e projeto e não pessoas.

    Obrigado a todos pela participação!

    Att,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Leandro Souza.
      As pessoas estão sofrendo de uma doença chamada fanatismo partidário.
      Não é a toa que sai de Macajuba, dá nojo esse fanatismo.

      Excluir
  9. Hum, Entao deixarei para manifestar a minha opiniao assim que Ele conceder a entrevista, sem mais a tratar neste momento.
    Grande abraco e ate mais!
    Att. -----

    ResponderExcluir
  10. Caro Leo qual a diferenca entre postar por anonimato e postar com nomes ficticios? Nao da na mesma coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor, para mim não faz diferença nenhuma, mas, pelo que percebo pra quem é citado/ofendido nos comentários faz. Além do mais, quando há um nome, já caracteriza uma identificação, mesmo que falsa (falsidade ideológica).

      O importe não é a identificação - tanto que, frequentemente, venho publicando comentários anônimos - mas, sim o nível do debate. Se as pessoas quisessem postar comentários anônimos, desde que esses não fossem de baixo nível, não teria problema algum. O problema são os insultos, as acusações sem prova e o nível que algumas pessoas incorporam a seus comentários.

      Então, caros leitores, tentem manter o nível e sempre identifiquem-se, de preferencia com nomes verdadeiros.

      Obrigado pela participação.

      Att,

      Excluir
  11. Léo porque você não faz uma entrevista com Fernão? para agente analisar os argumentos dele também. Fernão foi um grande administrador todo mundo reconhece isso. Sobre a questão que andam comentando por ai que ele subjugava o povo era porque as vezes era necessário pois o povo de macajuba não tinha maturidade o suficiente para discernir um bom projeto com a politicagem. Mais nunca ouvir falar que ele tivesse deixado o funcionalismo público sem receber como aconteceu com outros gestores. Mais eu estou apostando sim em um velho Fernão com uma Nova Roupagem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zé Mané, já respondi o porquê não entrevistarei o ex-prefeito Fernão a outro leitor que fez o mesmo questionamento, sendo assim, republicarei a resposta.

      -----------------------------
      Leandro Souza - Mar 15, 2012 05:44 PM

      Caro Anônimo(a), seu comentário é bastante pertinente, afinal vivemos em um país democrático, onde todos temos (ou pelo menos deveriam ter) os mesmos direitos e os mesmos deveres. Por isso, quero informar a você e a todos aqueles que estão com igual questionamento que o convite foi feito ao ex-prefeito Fernão Sampaio, mas, infelizmente, ao contrário do que você pensou, ele se recusou.

      Segundo a pessoa que intermediou o convite, Fernão disse que gostaria de dar a entrevista, mas, não agora. Que eu deixasse a entrevista para depois que ele registrasse a sua candidatura, ou seja, a partir de julho.

      Então, para todos aqueles que estavam com o mesmo questionamento está dada a satisfação.

      Obrigado a todos pela participação.

      Att,
      -------------------------------

      Obrigado por sua participação!

      Att,

      Excluir
  12. Não é verdade o que a "ex-funcionária" diz, que Aécio deixou de pagar o funcionalismo ou escolheu pagar uns e outros não. Isso é mentira! Aécio na sua gestão sempre pagou em dia, apesar de na época a arrecadação da Prefeitura ter sido dez vezes menor do que a atual. O que aconteceu de verdade foi que, no último mes da sua gestão (dezembro de 96) ele saiu no dia 30 e a cota mensal do FPM só entrava no dia 31. Então ele deixou tudo empenhado para Fernão pagar. Este entrou e não pagou e botou na cabeça de todo mundo que a dívida era da gestão de Aécio, para fazer a sua política baixa. Ao invés de pagar, principalmente ao professorado, Fernão divulgou que não tinha dinheiro, mandou anular todos os empenhos feitos na administração de Aécio e passou o calote, jogando a culpa em Aécio. Quem conhece ele sabe muito bem que tudo foi uma jogada política para jogar os funcionários contra o ex-prefeito. Isso é mais uma mentira que pegou por falta de quem denunciasse na época a manobra suja de Fernão. Sem oposição, ele jogou sujo e solto durante 8 anos, até que foi ficando sozinho pelas suas traições aos amigos. Hoje ele é o político mais rejeitado no município de Macajuba. Vai perder de novo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bravo Everaldo, concordo plenamente com você.

      Excluir
    2. Onde estavam vocês que deixaram com quê, como dizem, "INJUSTIÇASSEM O EX-PREFEITO" COITADO, parece que estavam mais preucupados em usufruir o que foi desviado durante a gestão do mesmo,recursos e bens, bens esses que poucos foram recuperados e outros enterrados.
      O POVO NÃO ESQUECEU

      Excluir
  13. Indignado
    Que tristeza vê um povo corrompido sem força e sem expressão que vive criticando os governantes, mas não se dão conta de que o governo tem a cara do seu povo. Quanta baboseira dita sem nenhuma responsabilidade usar um meio de comunicação para piadas e ofensas ao invés de denunciarmos o descaso e o abandono do povo de Macajuba e regiões adjacentes.
    Um povo que se vende por migalhas que ao invés de lutar pelo bem de todos vivem em busca de benefícios sem nenhum sacrifício.
    Falam mal de Fernão que governou apenas para seus aliados e como ditador para seus opositores, que Tarcisio é um incompetente, nepotista e que quem administra é seus familiares e como não tem nenhuma alternativa ficam atrás de Luiz para Salvador da Pátria, mero engano não existe salvação sem uma luta de grupo organizada aonde todos queiram trabalhar para o bem comum.

    O que devemos fazer é nos unir e ajudar o próximo governante a administrar a nossa querida Macajuba, que precisa de saúde, educação, moradia e trabalho, não devemos esperar apenas por um homem e sim trabalhar ao lado do governo fazendo comissões para pedir ao governo uma indústria, fazer novas cooperativas para dar ocupação a população que nada tem para fazer.
    E vocês jovens que decepção não luta por nada só querem saber de ficar na porta do bar bebendo indo para o pagode e pegando umas “minas” sem nenhuma objetividade. Que bom que muitos daqueles jovens que lutaram contra a ditadura não sobreviverão para presenciar tudo isso, jovens que se vendem para o tráfico e para prostituição porque o dinheiro vem fácil mesmo sabendo que tem vida curta, como nossos valores mudaram que vergonha de ser brasileiro. Parem de criticar e corram atrás de um futuro melhor.
    Como todos viram não devemos julgar nem apontar o dedo para os outros, todos nós temos nosso telhado de vidro e como a maioria da população pensa se eu estivesse no poder também roubaria. Se burlarmos as leis, ultrapassamos sinal vermelho, não respeitamos a faixa de pedestre nem os mais velhos e nem nossas crianças, se achamos normal ficarmos com um celular perdido jogamos o chip fora e nos apos amos do aparelho sabendo que poderíamos devolver para seu dono, são nos pequenos detalhes que moldamos nossa personalidade.
    Vamos deixar de hipocrisia e correr atrás de trabalhar e buscar o pão de cada dia, migalhas como vale gás, bolsa família e bolsa escola, vamos exigir do governo trabalho para podermos olhar para nossos filhos com orgulho de sustentá-los com nosso próprio suor ao invés de se acomodar com as migalhas que nos dão.
    O que vocês querem da vida?
    O que vocês jovens vão fazer para mudar?
    Que Filhos deixaremos para o País?

    ResponderExcluir
  14. Mais que eu me lembre Fernão nunca deixou divida para seu sucessor pagar ele também foi gestor anterior a gestão de Aécio. E muito fácil jogar o pepino na mão dos outros.Quem viveu essa época sabe o que realmente aconteceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, quem viveu nessa época sabe o que aconteceu de verdade: com minoria na câmara, não deixaram Aécio governar. Ele sofreu a maior campanha de calúnias e difamações da história de Macajuba. Outra coisa, Zé Mané: ou voce tem má fé ou é ignorante em administração pública. Aécio não deixou dívidas, deixou todas as despesas empenhadas para serem pagas com os recursos que iram entrar no dia seguinte. Fernão não pagou porque não quis, e anulou os em penhos, para jogar a culpa em Aécio. Só se pode empenhar quando existe recurso, Mané. Apesar de tudo, Aécio nunca teve uma conta sua rejeitada pelo Tribunal de Contas - Fernão teve várias. Na primeira gestão dele, aplicava o dinheiro do FPM no mercado financeiro e transferia o rendimento para sua conta pessoal. O Tribunal pegou isso, e mais outras maracutais. Aécio nunca teve seu nome em lista de prefeitos corruptos - Fernão teve. Quer ver o jornal A Tarde, da época?

      Excluir
    2. Senhor Everaldo, fica impossível o senho não ter todas as respostas para administração do Ex Prefeito Aécio, com se diz no popular além de amigos¨ muito próximos¨,são do mesmo grupo.Não sei te informar com relação a prestação de contas, mas no que se desrespeita a ação administrativa foi um desastre, salario atrasados,frota sucateada, a cidade com ruas sujas,mato é lixo nas ruas isso é o que lembro , inclusive o Senhor Aécio fez uma carta a um grupo de amigos onde ele admite o seu desastre,se não me engano um dos motivos foi desequilíbrio emocional provocado pelo seus adversários.

      Excluir
    3. Senhor Leandro continuo acreditando em sua imparcialidade

      Excluir
  15. Vem ai Luiz com suas forcas...Pra trabalhar pelo povo Macajubense quer sao sofredores e ha muito tempo vem todos sofrendo...todos já conhecem o trabalho do luiz Pamponé sei quer os macajubense vão dar um grito bem alto liberdade, vitoria.
    todos nos temos o direito de opinar e escolher o quer e melhor pra nos chegar de sofrer sei e confio no trabalho do Luiz Pamponé minha família esta todos reunidos e eu não vejo a hora de ver macajuba voltar a brilhar o povo ter liberdade e saber realmente o quer e politica diga sim .....

    ResponderExcluir
  16. Caros leitores em decorrência dos comentários que estão sendo enviados para o blog, resolvi republicar um trecho de um texto de Ruy Barbosa, intitulado com “Política e Politicalha”, para que as pessoas possam refletir sobre os seus comentários, pois, muito do que está sendo discutido nesses comentários não é política, mas sim, politicalha. Leia e reflita:

    Política e politicalha não se confundem, não se parecem, não se relacionam uma com a outra. Antes se negam, se excluem, se repulsam mutuamente.
    A política é a arte de gerir o Estado, segundo princípios definidos, regras morais, leis escritas, ou tradições respeitáveis. A politicalha é a indústria de explorar o benefício de interesses pessoais. Constitui a política uma função, ou o conjunto das funções do organismo nacional: é o exercício normal das forças de uma nação consciente e senhora de si mesma. A politicalha, pelo contrário, é o envenenamento crônico dos povos negligentes e viciosos pela contaminação de parasitas inexoráveis. A política é a higiene dos países moralmente sadios. A politicalha, a malária dos povos de moralidade estragada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belas Palavras do Sábio Ruy Barbosa, muto bem Léo bem escolhida para o momento que estamos vivendo em Macajuba.
      Todos apenas com um interesse
      "O Seu"
      Eles deveriam ter vergonha de utilizar o blog para para fazer sua politicalha, cada vez mas temos certeza que não existe ninguém decente em Macajuba para governa-la.

      Excluir
  17. Senhor Everaldo, já que é bem informado, explique ao povo Macajubense, o verdadeiro motivo das contas da Prefeitura de Macajuba serem transferidas para Baixa Grande e depois para Piritiba? E onde estão as grandes obras realizada pelo ser superior Aécio Pamponet "figura humana maior que todos", citado pelo seu irmão Luis Pamponet, que em sua entrevista o enalteceu a todo momento deixando o restante do seu grupo ( que tanto defende aos dois) sem adjetivos?

    ResponderExcluir
  18. Antonio Souza, você viu o galo cantar e não sabe onde... Tá dizendo coisas sem pé nem cabeça e demonstra que não conhece nada da história da administração de Aécio. Vou lhe informar melhor:
    1)a conta da Prefeitura foi transferida para Baixa Grande e depois Piritiba, porque Dr. Benício Cavalcanti, juiz de Ruy Barbosa na época, casado com a filha de Ari Matos, amiga e parente de Nei Dias e Fernão, era inimigo de Aécio e todo mes dava uma ordem para sequestrar recursos do FPM e transferir para a Camara de Vereadores, controlada por eles. Então, todo mes Aécio tinha que ir a Salvador, impetrar um mandado de segurança contra o ato do juiz e quando o Tribunal de Justiça anulava o repasse, o dinheiro já tinha sido gasto por eles, inclusive uma vez eles compraram uma Parati nova para o presidente da Câmara, na época era Nei Dias. Então Aécio foi orientado pelo advogado da Prefeitura a mudar a conta para outra comarca, onde o Dr. Benício não podia mandar sequestrar nada. Isso explica ou voce acha que o Prefeito deveria assistir uma violência dessa sem tomar uma atitude ? E também qual o prejuízo para o Município ? Tanto faz a conta ser em Ruy Barbosa, como era na época, porque Macajuba estava sem banco, como em outro município vizinho... Agora, só os ignorantes ou os de má fé enxergam mal nisso...
    2) É mentira deslavada que a cidade vivia suja na época de Aécio. Ao contrário, foi a época em que a cidade era limpa por turmas de mulheres, que se revezavam o dia todo varrendo as ruas, com encarregados por áreas como chefes de turma: João de Louro, Brício, Romildo e outros estão aí ainda para confirmar isso. É feio mentir assim. Tinha caixas de coleta de lixo por toda cidade e havia um lema: MACAJUBA LIMPA É MACAJUBA LINDA.
    3)Algumas obras de Aécio, que Fernão fez questão de destruir: MATADOURO, USINA DE RECICLAGEM DE LIXO, CALÇADÃO, CENTRO CULTURAL, CASA DO APOSENTADO, CANTINA DO GARI, RECUPERAÇÃO DAS CASAS POPULARES DO SALGADO, DRENAGEM E ESGOTO DA RUA DO ABRIGO, DRENAGEM E ESGOTO DO FUNDO DA RUA SANTO ANTONIO, REFORMA DO CENTRO COMUNITÁRIO, LOTEAMENTO MILTON CARDOSO, PARQUE INFANTIL GENIVALDO BATISTA DO NASCIMENTO, AMPLIAÇÃO DO CEMITÉRIO, BARRAGEM DO TANQUE SALGADO, REFORMA DE TODAS AS ESCOLAS RURAIS, CALÇAMENTO DA RUA DO PLANALTO E TRANSVERSAIS,
    CALÇAMENTO DE DIVERSAS RUAS EM NOVA CRUZ, CALÇAMENTO DE TODO O POVOADO DE SANTA LUZIA, CRECHES EM MACAJUBA, NOVA CRUZ E SANTA LUZIA, REFORMA DO MERCADO DE SANTA LUZIA, INSTALAÇÃO DO POSTO TELEFÔNICO DE SANTA LUZIA, DESSALINIZADOR NO POÇO ARTESIANO DE SANTA LUZIA... Quer mais ? Dois anos de seca, atendimento médico permanente, com dois médicos, funcionamento do Hos´pital, que Fernão construiu e deixou oco, sem funcionar,atendimento odontológico permanente - tudo isso com uma receita dez vezes menor do que é hoje.... Tá satisfeito ou quer mais ?...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor Everaldo o povo conhece O Ex Prefeito Aécio. tenha certeza,tenha moderação em seus comentarios em momento nenhum fui agresivo,não falei mentiras, seu descontrole e visivel, quanta paixão

      Excluir
    2. Senhor Everaldo o povo de Macajuaba também o conhece!

      Excluir
    3. Conhecem sim O povo sabem em quem eles vao votar voto e uma coisa secreta e qundo o povo quer ninguem tira cada um de nos sabemos e vemos o quanto macajuba voltou a brilhar Antes ninguem tinha nem coragem de sentar na calacada pra ficar batendo papo hoje macajuba ta em paz todos confia na seguranca de macajuba.Sei quer Luiz vai ser um otimo prefeito pra macajuba como Áecio foi um maravilhoso prefeito em momento algum tenho o que falar mal da sua gestao.Queremos luiz na prefeitura simmmmmmmmmmmmmm.

      Excluir
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COMENTÁRIO REMOVIDO POR CONTER OFENSAS PESSOAIS!

      Desde já obrigado pela compreensão.

      Att,

      Excluir
  20. Queremos Luis,Queremos Luis,Queremos Luis....digo em nome de quase todos de Macajuba-ba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com Certeza não conhece

      Excluir
    2. Se vc quer Luiz é pq seu interesse é acima de tudo muito grande.
      pensando em o povo sei.
      Luiz simplesmente vai se candidatar e se deus quiser ñ vai ganhar pq se isso acontecer. sabe o que ele vai fazer?
      Simplesmente deixar a prefeitura nas mãos desses mortas de fomi que ñ pode ver dinheiro e se mandar pra cuidar das coisas dele.
      ele simplesmente vai se candidatar pq sabe que o nome dele é o mais forte pra enfrentar o melhor que é Fernão. Fiquem atentos meus irmãos.

      Excluir
  21. Senhor Leandro estava lendo a entrevista do Senhor Luis Pamponet, te confesso que fiquei triste quanto ao conteúdo, muito antiga, longe da nossa realidade,falando de uma forma suprema, com muitos altos e baixos,etc. Mas o que mais me deixou triste foi a colocação feita pelo o próprio, quando ele em um trecho diz que; o Senhor Fernão foi uma invenção dele, Esta não é forma humilde de Almejar assumir os destinos de um povo, comparando-se ao criador, fiquei muito assustado, imagine, com Fernão ,ele disse isso e com as pessoas mais carente de Macajuba, Qual será o sentimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLHA EU FICO SURPRESA COM TUDO ISSO QUE TAO COMENTATNDO AQUI ESSE POVO QUE TA DIZENDO MUDAR O GOVERNO DE MACAJUBA TIRANDO FERNÃO DE MACAJUBA TA FAZENDO IGUAL OU PIOR DO QUE ELE FEZ.
      ESSE PREFEITO MARIA MOLE DEIXA TODO MUNDO MANDAR Ñ FAZ NADA PRA MUDAR AS COISAS EM MACAJUBA VEJO UM IGOR MANDANDO NA PREFEITURA UM LUCIANO FAZENDO O QUE QUER NA SAÚDE ENTÃO COMO ELES VEM DIZER QUE ELES ESTÃO AI PRA AJUDAR O POVO MACAJUBENSE OUTRA COISA FALARAM TANTO DO MEU AMIGO NEI QUE TINHA EMPREGO FANTASMA NO COLÉGIO E VEJO GENTE DA TURMA DELES COMO PROFESSORA DE FILOSOFIA E QUE NEM NO COLÉGIO VAI HA ME POPA, PELO AMOR DE DEUS SABE O QUE EU QUERIA MESMO? ERA QUE VINHESE OUTRAS PESSOAS QUE MACAJUBA NUNCA VIU PRA SO ASSIM A GENTE ACREDITAR QUE TALVES A GENTE TIVESSE SALVA.

      Excluir
  22. Senhor Leandro Cotinuo acreditando em sua imparcialidade

    ResponderExcluir
  23. Senhor Everaldo não sabia que em macajuba hesistia Deivid de Coperfil

    ResponderExcluir
  24. Senhor Leandro Observe melhor as filtragens das postagens, e veja aforma com o Senhor Everaldo estar se comportando em seus cometarios. Continuo Acreditando em sua inparcialidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok Antonio Silva.

      Obrigado por sua participação!

      Att,

      Excluir
  25. Algumas obras de Fernão, durante 12 anos de ditadura:
    1) comprou 100 mil telhas para o Mercado, construído por Luiz e já coberto com telhas de zinco.
    2) instalou uma pedreira no Santo Antonio, para vender pedras e paralelos para a Prefeitura, pelo preço que ele queria.
    3) montou um supermercado para ele e Dilson, no prédio que Luiz construiu para a Cobal. Fazia compras em Feira de Santana, nos carros da Prefeitura, com o dinheiro da Prefeitura e revendia à Prefeitura, pelos preços que eles queriam. A Prefeitura ainda pagava luz e água desse supermercado.
    4) Quando a inflação ia até 80 por cento ao mês, ele aplicava a receita da Prefeitura no mercado financeiro e passava os rendimentos para sua conta pessoal.
    5) montou uma empresa de construção com amigos-laranjas de Macajuba para fraudar as licitações e ganhar todas as obras pelos preços que queria.
    6) Teve todas as suas 4 contas do seu primeiro período rejeitas pelo TCM.
    7) Teve seu nome publicado no jornal A Tarde na lista dos prefeitos corruptos da Bahia.
    8) Foi denunciado pelo Ministério Público por improbidade administrativa e o processo sumiu na comarca de Ruy Barbosa.
    9) Perseguiu quem não votava com ele
    10) Apanhou na cara duas vezes, de Seu Dinho e Jorge de Titico

    Depois tem mais... Aguardem! Tudo documentado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GOSTARIA DE ESCLARECER QUE O BLOG NÃO SE RESPONSABILIZA PELAS ACUSAÇÕES CONTIDAS NO COMENTÁRIO DO SR. EVERALDO MACEDO. TODOS CONHECEM O SR. EVERALDO E QUEM SE SENTIR DENEGRIDO PELO MESMO PODERÁ PROCURÁ-LO, PESSOALMENTE, JÁ QUE TODOS O CONHECE.

      ALÉM DISSO, QUEM SE SENTIR OFENDIDO PELOS COMENTÁRIOS TERÁ TOTAL LIBERDADE PARA EXERCER SEU DIREITO DE RESPOSTA AQUI NO BLOG.

      Att,

      Excluir
    2. Assim começo a descofiar de sua inparcialidade, por que não postou meu coméntario

      Excluir
    3. Senhor leandro,sei que vc é tendencioso , motivos não faltam

      Excluir
    4. Ninguém Importante21 de março de 2012 18:08

      Penso que em doze anos de gestão foram enumeradas poucas obras realizadas pelo maior gestor público que Macajuba já teve.
      Mesmo porque as obras realizadas pelo melhor administrador, não precisam ser enumeradas, apenas vistas, usufruídas, admiradas por todos, até mesmo por aqueles que não são de Macajuba.
      Ter sido eleito o melhor prefeito da Chapada por duas vezes, não precisou divulgar, o povo sentia e sabia, basta analisar como Macajuba era e o como está sendo administrada agora.
      Processos não somem, processos são extintos por falta de provas (como advogado deveria saber).
      “Com uma arrecadação dez vezes menor que hoje” e sem o apoio do governo estadual e federal, construiu tantas obras em Macajuba para que todos se orgulhem em ser macajubense.
      Combater quem só quer do povo de Macajuba o dinheiro, humilhar e usar depois ir embora, sem dar a menor satisfação, ganha o nome de perseguição.
      Qualquer figura humana está sujeita a situações que fogem do seu controle, lembram o que aconteceu com Mário Covas e George W. Bush? A grande diferença é que eles continuaram exercendo suas funções, não fugiram por 30 ou 16 anos alegando doenças ou desequilíbrios.

      Excluir
    5. Sr. Antonio Silva, não entendi a sua reclamação, pois todos os comentários enviados pelo senhor foram publicados. Infelizmente, não posso ficar 24h conectado ao blog, pois tenho outras coisas pra fazer, não sobrevivo do blog, então, não posso me dedica, exclusivamente, a ele.

      Com relação a acusação de imparcialidade, realmente, talvez o senhor tenha razão, tendo em vista que desde a criação do blog, aproximadamente, 70% das matérias continham críticas ao prefeito Tarciso (em quem votei nas duas últimas eleições). É, pensando dessa forma, talvez, o senhor tenha razão. Mas, tenho a consciência tranquila, pois sei que as criticas que foram feitas, todas possuíam embasamento, assim como em todas as matérias, procuro pesquisar antes de publicar alguma coisa.

      Como já mencionei anteriormente, votei em Tarciso, mas não fechei meus olhos, pelo contrário, mantive-os abertos para que pudesse fiscalizar a pessoa na qual confiei meu voto. Ao contrário de muitos não sou um apaixonado político, consigo enxergar o que os políticos fazem sem fanatismo e nem partidarismo . Não é porque votei que não posso criticar e não é porque votei que vou ficar defendendo e puxando o saco.

      Enfim, Sr Antonio Silva, espero ter sido claro em meu comentário. Caso reste alguma dúvida, por favor, fique a vontade.

      Obrigado pela participação

      Att,

      Excluir
  26. Senhor Everaldo, será que as pesssoas de Macajuba acredita em algum pronuciamento seu. Quem acrerdita no Senhor, certo amigo de Luis Pamponet disse que ia falar com Luis que não deixasse o Senhor falar em politica, caso o Chegasse em uma casa de qualquer pesssoa na zona rural, as pessoas ficaria com medo,( Bom dia sou Everaldo Macedo,automaticamente, a dona(o) de casa diria assim: Assustado (A)inventado uma desculpa, tenho que ir trabalhar com licença

    ResponderExcluir
  27. Léo, lendo as duas entrevistas fiquei com dúvida, quem mentiu?
    Tarciso quando disse que quem prometeu a fábrica de calçados foi Luiz ou Luiz quando afirma que nunca prometeu?
    O fato é o seguinte: tentaram fazer o povo de bobo, já que os dois deixaram bem claro na entrevista que sabiam que a fábrica não viria, mas mesmo assim mandaram na campanha de 2010 cabos eleitorais para as ruas colher nomes e nº de identidade de pessoas, dizendo que a fábrica viria trazer 300 empregos.
    Talvez o próprio Luiz tenha nos dado a resposta:
    "Uma mentira quando é repetida muitas vezes vira verdade e o povo acredita."
    Espero que nessa o povo não acredite mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta, Carlos.

      Obrigado pela participação!

      Att,

      Excluir
  28. Paulo Ricardo de sousa.21 de março de 2012 21:48

    Olá meu caro amigo Leandro e demais participantes desse meio de comunicaçao o qual eu tiro o chapéu pela iniciativa positiva mas talvez mal utilizado por algumas pessoas as quais nao é nescessário citar pois cada um q faz seu comentário e o posta sabe das suas verdadeiras intenções. pois muito bem caros leitores não sou o melhor nem o mais sábio de todos mas assim como os demais me sinto no direito de expor aqui as minhas opniões a respeito dos comentários postados e por q não dizer também de alguns postadores de comentários que eu julgo particularmente ( Um absurdo ) pois é uma disputa de ataques criticas calunias condenações por que nao dizer medo e principalmente de omissão por parte dos mesmos pois não apresentão soluções e só criticam. mas cada um sabe que direto ou indiretamente contribui para o progresso ou regresso de sua terra e de seu povo.pois bem vamos lá : como posso eu querer o melhor pra minha terra quando deixo bem claro em uma simples frase ( O homem do dinheiro vem ai )meus amigos isto é vergonhoso pois vc deveria se perguntar de quem é mesmo este dinheiro q eu tanto idolatro ? De onde ele veio ? Por q para mim é mais confortavél idolatrar alguem pelo seu bolso do que pelo seu carater ,sua dgnidade ,sua humildade seu respeito e seus principios. Vejamos caros leitores nao estou aqui defendendo A ou B e sim colocando algo para ser refletido entre vc e sua consciencia ,pois uma frase como esta me leva a crer q esta pessoa seja ela quem for não quer o bem de sua cidade dos filhos e de modo geral d ninguem apenas de si só. Percebo também senhores que alguns comentários deixa transparecer um certo desespero pois lhes digo amigo não perca seu tempo pois nenhum e ninguém é perfeito ou santo . e o povo já fez suas escolhas apenas espera o dia certo para se manifestar em vez de ficar difamando um e idolatrando o outro só por interesse pessoal e financeiro seu e de seu grupo, se preocupe em cuidar da sua vida pois concerteza o senhor não passa pelas dificuldades que o povo de Macajuba vem passando a t três anos e alguns meses.E antes que eu me esqueça o senhor também sumiu daqui agora vem chegando de mansinho com seus palavriados de desespero querendo q o povo vote naquele q mais uma vez será melhor para o senhor e seus coroneis e no final o povo é que se dane. Pra finalizar não substime o eleitor achando que o mesmo irá sempre votar pela barriga em vez de votar com sua consciência e pensando em toda uma naçao.Afinal a frase chave é O homem do dinheiro vem ai.e o povo que se dane abraços Leandro.

    ResponderExcluir
  29. MACAJUBA QUER RESPEITO22 de março de 2012 02:07

    PARABENS GRANDE LEO PELO BLOG.
    AMIGOS E IRMAOS MACAJUBENSE GOSTARIA DE LEMBRA A VCS QUE DURANTE A GESTÃO DO EX PREFEITO AECIO PAMPONET ELE DEIXO MUITAS FALHAS,FALHAS TERRIVEIS.VO CITAR UMA.
    VOCES LEMBRA GUANDO O EX PREFEITO AECIO PEGO A FROTA DE CARROS DA PREFEITURA DE MACAJUBA E VENDEL INLEGAL UNS DOS CARRO FORÃO A CASANBA,SAVEIRO CARRO PIPA MOTOR DE CARRO D10.
    NA EPOCA OS COMPRADORES FORÃO JACSON,EDI DE CARLITO EUNS PESSOAL DE IPIRA E TENHO COMO PROVA.É ESSE HOMEM QUE RESPEITA O POVO MACAJUBENSE.ESSE HOMEM MERECE UM FORA E QUANTO SEU IRMÃO LUIZ VEM COMO COITADINHO ESSE HOMEM NÃO PRESTA ELE HUMILHA AS PESSOAS PRINCIPALMENTE SEUS FUNCIONARIOS DO KALIFA.
    RESPEITA O POVO LUIZ XO XO XO LUIZ E AECIO....

    ResponderExcluir
  30. ja cansei de postar comentarios e nao publicar. LEO seu blog e politico, sabe o que vc quer aecio na prefeitura. para favorecer seu pai, e ele fazer o que mais gosta. jogo de azar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, você provavelmente é um(a) fanático(a) político, que não consegue enxergar as coisas com imparcialidade. Você afirma que já mandou vários comentários e nunca foram publicados... você já parou pra pensar que seus comentários não foram publicados por você ser um(a) covarde e se esconde atrás do anonimato para denegrir a imagem das pessoas? Acho que não, né? Pelo menos nos últimos dois ou três dias todos os seus comentários foram nessa linha, sempre ofendendo as pessoas e se escondendo atrás do anonimato. Veja quantos comentários anônimos eu publiquei recentemente, sabe por quê? Porque o conteúdo dos comentários não ofendia ninguém, não denegria a imagem de ninguém. Infelizmente, você prefere ir por uma linha de ofensas e acusações, por isso seus comentários não foram publicados.

      Com relação a minha preferência política, as pessoas mais racionais e menos fanáticas sabem que isso nunca interferiu no blog, pelo contrário, as cobranças sempre foram a tônica do blog. Eu nunca protegi nenhum político em minhas postagens ou comentários.

      Sobre as preferências do meu pai, ele já é bem crescidinho pra fazer o que bem entender com a vida dele. Agora se você não tem o que fazer e fica fiscalizando a vida dele, eu só tenho a lamentar por você. Acho que você deveria arrumar uma ocupação, além de ser fiscal da vida aleia.

      Espero ter sido claro em meu comentário. Qualquer dúvida, entre em contato.

      Obrigado por sua participação.

      Att,

      Excluir
  31. LEO SOBRE O COMENTARIO QUE FIZ SOBRE LUIZ QUANDO CHEGOU EM MACAJUBA; NAO ACHO QUE HOUVE OFENCAS NENHUMA.ACHO QUE VC NAO LEMBRA PORQUE VC ERA NOVO.TENHO CINQUENTA ANOS LEMBRO MUITO BEM DAS HUMILHACOES QUE PASSAMOS,EVERALDO COLOCA COISAS PIORES E VC POSTA. QUEM NAO LEMBRA QUE ELE RECEITAVA REMEDIOS? PERGUNTE AO POVO DE MACAJUBA SE ESTOU MENTINDO?SAIR DO ANONIMATO SE POSSIVEL POSTE MEU COMENTARIO. PAULO

    ResponderExcluir
  32. nao queremos LUIZ nem AECIO, IRMAO COM IRMAO JA MAIS. TEM OUTROS NOMES BONS,POR QUE LUIZ NAO LANÇA ? O POVO NAO VAI CAIR NESSA.CHEGUEI DE SAO PAULO DIA TRES DE FEVEREIRO, A CIDADE ACABOU. NAS ULTIMAS ELEICOES NAO VOTEI EM NINGUEM.NAO SOU PUXA SACO DE NINGUEM MAS PERCEBO QUE MACAJUBA PRECISA DO HOMEM DO TRABALHO. QUE O POVO ANALISE. OU CONTINUE COM OS SANGUE SUGAS. VALEU LEO...

    ResponderExcluir
  33. VALEU JOAO .E PRECISO APANHAR PARA APRENDER,EU APANHEI MAS APRENDI AGORA E FERNAO NELES. HUM QUE ARREPENDIMENTO TER VOTADO NESSES MENTIROSOS......

    ResponderExcluir
  34. HOJE FUI A CAMARA E PERCEBO QUE OS VEREADORES ESTAO PERDENDO O NIVEL.VEJO UM ROQUE CORROMPIDO PELO PROPRIO GRUPO,APROVEITANDO DA INOCENCIA DO MESMO.ZE FILHO DEFENDENDO LUIZ,ESQUECEU DO PASSADO? IVAN SEMPRE MAQUIAVELICO. NAO VENHO ESCONDER MEU NOME PORQUE NAO ESTOU OFENDENDO NINGUEM.

    ResponderExcluir
  35. HOJE FUI A CAMARA E PERCEBO QUE OS VEREADORES ESTAO PERDENDO O NIVEL.VEJO UM ROQUE SENDO CORROMPIDO PELO GRUPO DA SITUACAO,APROVEITANDO DA INOCENCIA DO MESMO.ZE FILHO DEFENDENDO LUIZ,NAO LEMBRA DO PASSADO ? IVAN SEMPRE MAQUIAVELICO.NAO VENHO ATRAVES DE ANONIMATO.

    ResponderExcluir
  36. Vem cá caro Leu pq ñ postou o ultimo comentário meu? Eu ñ ofendi neguem so disse o que é a realidade que, Luiz é o candidato de fachada ele vai se candidatar e se ele se eleger, ele jamais vai largar os negócios dele em Salvador, ele vai é dar uma banana pra todos nos e deixar a prefeitura nas mãos desses mortos de fomi que nunca pode ver dinheiro que é os pamponet tem Edsio meu Deus que deve ta cagando dinheiro um Luciano um Igor então, são essas pessoas que ele vai deixar a governar Macajuba ele sabe que o único nome que poeria chegar junto a Fernão é o dele e ele vai fazer isso e depois ou tchauuuuu. ver se posta esse comentário viu Leu?

    ResponderExcluir
  37. HUGO VC GOSTA MESMO DE HUMILHAÇÃO ESTÃO CHICOTE EM VC. mARIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria ele ñ gosta de humilhação como vc diz ele gosta de simplesmente escolher o que é melhor pra ele antes as chicotadas do que a traição por parte desses mortas de fome que so pensa em dinheiro deixa até de curtir so pra guardar dinheiro imagine roubando dinheiro da prefeitura.
      Quero que eles tome na merda mais eu acho que ja deu pra encher o bolso demais. Tomara que venha logo essa eleição pra esses morta de fome ir pro inferno.

      Excluir
  38. Saudações Léo!
    O bicho tá pegando, só tem 3 anos que pararam de mamar já querem tirar macajuba do mapa pra depois voltarem como salvador.
    Certo fez quem saiu como eu e hoje caminha com suas proprias pernas sem depender tá se humilhando a A e B, já foi o tempo que eu fiz escada pro outros subir, analizem bem quem foi que fez da prefeitura sua propriedade, façam como eu vote nulo.

    VOTO NULO = 000 + TECLA VERDE
    Ufa !!!!!!!! até que enfim uma informação boa!!!!!!!
    Ta esperando o que?
    Você sabe como eliminar 90% dos políticos corruptos em uma única vez? Isso mesmo, em uma única vez....
    Preste muita atenção:
    Você sabe para que serve o VOTO NULO? Não sabe, não é mesmo?!
    Não se preocupe, eu acredito que menos de 1% da população saiba algo sobre isso...
    Agora, você sabe por que você não sabe para que serve o VOTO NULO?
    Então, vamos a um exemplo:
    Imagine uma eleição qualquer, onde os candidatos sejam: Lula, Paulo Maluf, José Dirceu, Marcos Valério, Delúbio Soares, Roberto Jefferson, ACM... Entre outros.
    Campanha vai e campanha vem, você se acha na obrigação de escolher uma dessas figuras (o tal do "menos ruim") e com isso acaba afundando mais o nosso país !!!
    Mas, aí você diz: "Nesse caso, não temos saída!" Engano seu!
    O QUE VOCÊ NÃO SABE É QUE SE UMA ELEIÇÃO FOR GANHA POR "VOTOS NULOS" É OBRIGATÓRIO HAVER NOVA ELEIÇÃO COM CANDIDATOS DIFERENTES DAQUELES QUE PARTICIPARAM DA PRIMEIRA!!!
    Ainda não entendeu?

    Se, no exemplo de eleição acima, você e todo mundo votasse nulo, seria obrigatório haver uma NOVA ELEIÇÃO e esses pilantras não poderiam concorrer ao mesmo cargo político pelo menos por mais 4 anos!
    Isso, imagino que (como eu) você ainda não sabia, né?! Agora você entendeu por que isso nunca foi divulgado?
    Acha que é mentira? Ligue para o Superior Tribunal Eleitoral... Ligue para OAB...
    Aproveite e ligue também para a Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, O Globo, O Diário Catarinense, O Estado do Paraná, A Gazeta do Povo... e todas as revistas e jornais importantes desse país, e então lhes pergunte por que isso nunca foi divulgado.
    Segundo a legislação brasileira, se a eleição tiver 51% de votos nulos, o pleito é ANULADO e novas eleições têm que ser convocadas imediatamente; e os candidatos concorrentes são IMPOSSIBILITADOS DE CONCORRER NESTA NOVA ELEIÇÃO!!!

    É disso que o Brasil precisa: um susto nessa gente! Esta campanha vale a pena!

    N U L O neles!!!

    ResponderExcluir
  39. GOSTARIA DE SABER QUEM E EVERALDO ? PELO QUE PERCEBO E UM MAL CONDUTA,TODOS MACAJUBENSES CONHECE A PERSONALIDADE DO MESMO.UM CARA QUE NUNCA VENCEU NA VIDA,PUXA SACO AQUI OUTRO ALI.NAO ADIANTA QUE SETENTA POR CENTO DA POPULACAO NAO GOSTA DE VC.AINDA FALA EM SER CANDIDATO.KKKK

    ResponderExcluir
  40. Everaldo todos conhecem, não se esconde atrás de nomes falsos e anonimatos! E vc Hugo quem é mesmo vc onde vc mora, quem são seus pais ou vc é mais um dos puxa saco que mamou e perdeu o peito e não tem como se manter sem o leite da viuva. Acho que vc é mais um dos puxas mau sucedido que está na esperança de um dia poder mama.
    Estude, mas estude muito é vá trabalhar em vez de tá puxando o saco de corruptos.

    ResponderExcluir
  41. Sobre Luis passar receita, pelo que eu saiba ele fazia isso sim, mas para AJUDAR o povo e não para prejudicar. Naquele tempo não era como hoje que tinha médico todo dia e Luis estava sempre à disposição para atender as pessoas. Nunca soube que ninguém tenha morrido por isso, mas sim de muitas vidas que foram salvas e dores que foram aliviadas. Sei que Luis na Prefetura vai ser bom para Macajuba. Mas se o grupo tivesse um nome novo, também seria bom. O povo tá meio cansado da velha guarda. Parece que fica todo mundo com medo de inovar. Situação e oposição deveriam apoiar um nome novo. O blog agora virou um espaço para "lavar roupa suja", fica naquele clima de só ficar falando coisa de passado. Uma verdadeira chatice. Por que não apostar no novo?

    ResponderExcluir
  42. Meus caros irmãos macajubenses,
    É muito triste lermos os comentários que são postados neste blog por pessoas no mínimo suspeitas e que se escondem por trás do anonimato de forma covarde, para ofender as pessoas de bem que ainda resta em Macajuba.
    Tenho plena convicção de que muito mais interessante do que partirmos para as baixarias, para as humilhações e ofensas, seria muito mais proveitoso, se nos uníssemos num propósito de fazermos projetos que de forma direta ou indireta possa beneficiar o nosso povo carente.
    Nós temos muitas coisas para melhorar em áreas vitais como a Educação, a saúde, a assistência social, segurança, etc. Aí, ao invés de lutarmos para lançarmos propostas que visem a acabar com estes problemas, ficamos como gladiadores em plena arena, esperando leões para nos devorar.
    Um povo consciente, conhecedor dos seus direitos e que tem amor próprio e que respeita o seu semelhante, jamais se presta a um papel tão mesquinho e cruel como este que estes anônimos covardes estão se submetendo.
    Olha só, hoje, o município tem obrigação de comprar a merenda escolar da agricultura familiar. Isso quer dizer, que serão beneficiadas as famílias que fazem suas roças, que plantam seus alimentos. O porquê, ainda estamos perdendo tempo e deixando de lutar para trabalharmos honestamente e vendermos os nossos produtos? Um povo forte, é aquele que faz acontecer a sua história e que não fica na dependência de político A ou B. Enquanto perdurarem pensamentos apaixonados por politiqueiros, Macajuba nunca irá sair desta situação. É preciso que nossos jovens que tanto clama por justiça, saia do armário e se coloque à frente desta luta, que é o de ver nossa cidade livre de políticos velhos e que se perpetuam no poder. Qual a mudança que almejamos? Voltar ao passado de perseguições, de humilhações, de injustiças? Não meus caros, sonho em ver a liberdade de fato existir no seu pleno conceito em nossa amada Macajuba.
    Vamos povo de Macajuba escrever uma nova história para as nossas vidas. Vamos dá um basta a tudo isso e fazer com que a juventude toma a frente da política da nossa cidade e transforme a nossa realidade, com dignidade, com honestidade, com respeito, sabedoria e acima de tudo com amor aos seus semelhantes.
    Será, que não já é chegada a hora de esquecermos um pouco do passado e vivermos o presente?
    Será que só estes dois grupos são capazes de administrar Macajuba?
    Onde está a nossa força quanto cidadãos?
    Cadê a juventude que não se coloca à disposição para disputar as eleições e dá um novo rumo a toda esta sujeirada que nos entristece e nos envergonha?
    Aquilo que passou, já ficou para a história. Aqueles que fizeram por merecer serão lembrados por nossas memórias, mas é preciso inventar o novo. É preciso viver o agora.
    Tenho certeza de que Macajuba merece um pouco mais de amor por parte de cada um dos seus filhos.
    Não estou aqui, para defender ou ofender grupo político de A ou de B. Estou nesta luta, para ajudar a reescrever a nossa história com caneta de ouro.
    Quem amar Macajuba verdadeiramente e quiser se juntar a mim procure-me para debatermos e formamos novas idéias que transforme de uma vez por toda esta lamentável história, onde uns passam por cima dos outros sem o menor escrúpulo.
    Quero deixar bem claro para todos, que não sou político e muito menos candidato a nada. Esta é a opinião de um simples e humilde filho que ama sua terra e o seu povo.
    Macajuba 100% livre.
    Esse é o lema da minha luta.

    ResponderExcluir
  43. Nem concordo com vc, quando diz que a camara esta perdendo o nivel, realmente eles nunca mativeram o nivel são dominadas pelo ex prefeito pois o ditador manda e os puxas obedecem.A camara é um caso de vergonha para nos cidadãos.Teve uma sessão que só foi para atacar Luiz.Ele não tem coragem de enfrentar Luiz fica mando esses lotes de incopetente transmitir sua ordem e fica no bar escutando.
    Vc ditador é muito do covarde nunca enfrenta seus adiversários de frente só por de tras dos outros.mas quem deve é problema sempre tem medo de mostrar sua verdadeira mascara.
    E no final de tudo vcs são todos iguais todos farinha do mesmo saco

    ResponderExcluir
  44. LUIZ VC E DA MESMA PANELINHA DE TARCISO. ESTAMOS FORA...VC ESTA QUERENDO COMPRAR O POVO COMO SE FOSSE OBJETO.

    ResponderExcluir
  45. Indignado
    É vergonhoso esse tipo de política, mas temos uma grande parcela de culpa porque apoiamos e votamos nesse tipo de gente seja Luiz, Tarcisio, Luciano ou Fernão o que vão fazer pelo povo.
    Para mim um canditado depois que ganha não tem que ter lado tem que cuidar do povo com um todo seja os aliados ou o grupo opositor, mas isso não acontece em Macajuba e só quem sofre com tudo isso é o povo que são perseguidos pelos seus governantes, aqueles que deveriam cuidar do municipio sem distinção de lado.
    Infelizmente cada um luta por causa própria, fica do lado de um ou do outro só para obter benefícios.

    ResponderExcluir
  46. Messias, mas eles não vão apostar no novo porque não dá tempo. E, sinceramente, entre Fernão e Luis, tem que ser Luis. É bom que fecha esse "circulo" e que venham novas candidaturas. Tem que ser Luis. Não tenho dúvida que será uma excelente administração.

    ResponderExcluir
  47. maria nao gosto de chicote nem humilhacao , eu gosto e de trabalho que minha cidade possa seguir em frente. nao dependo tambem de prefeitura,vc deve ser uma das viuvas de luiz ou tarciso. alguem que depende de todos esses ai para sobreviver.abracos.

    ResponderExcluir
  48. sabrine vc deve ser alguma das viuvas de luiz. com certeza isso nao vai acontecer vc vai ter que esperar oito anos.quem sabe quando fernao entregar o cargo que estiver de alma lavada,possa chamar um filho de luiz para ser candidato.porque luiz vai estar bem velhinho.

    ResponderExcluir
  49. É Hugo, por causa de pessoas fanáticas como você que Macajuba passou 16 anos, sendo pisotadas, humilhadas e perseguidas.
    Nunca jamais, permitiremos que o ditador Fernão retone à administração da nossa cidade.
    Tenho certeza absoluta que Deus não irá permitir que seu povo sirva de chão para este senhor, sem alma, sem coração e segundo os jornais corrupto. Fernão é uma vergonha. É um retrocesso.
    Abaixo a Ditadura!
    Abaixo o fanatismo doentio.
    Abaixo pessoas de pensamento mesquinho como você Hugo.
    Que pena que ainda exista pessoas sem personalidade como você.
    Macajuba merece e com a graça de Deus, terá LUIZ PAMPONET Prefeito.

    ResponderExcluir
  50. Senhor Leandro, relendo a entrevista do ex-prefeito Luis Pamponet,vejo mais contradições, fala do amor por Macajuba, da vontade de fazer o seu irmão o ex-prefeito Aécio Pamponet novamente prefeito a qualquer custo, pricipalmente usando o dinheiro e os aliados politícos, por que só depois de tantos anos veio transferir o seu titulo para macajuba? ou simplesmente ele tem questoes pessoais para resolver? vai usar o povo de macajuba?

    ResponderExcluir
  51. HUGO A ALMA LAVADA A QUE VOCE SE REFERE É A PERSEGUIÇAO AO POVO MACAJUBENSE?

    ResponderExcluir
  52. HUGO O QUE VOCE ACHA DE ALMA LAVADA . POIS ESSE EX PREFEITINHO SO QUER SE VINGAR DAS PESSOAS MAS ELE NAO VAI CONSEGUIR POIS EXISTE DEUS QUE NAO VAI PERMITIR QUE ELE VENHA SO PRA LAVAR SUA ALMA . QUEREMOS É PROGRESSO EM NOSSA TERRA E NAO CEDE DE VINGANÇA.

    ResponderExcluir
  53. ANTONIO PORQUE VOCES TEM TANTO MEDO DE LUIS. POIS ELE VAI SER O CANDIDATO E SERA BOM TENHO CERTEZA. VOCE DEVE SER MAIS UM APAIXONADO E VAI CONTINUAR SENDO POIS GOSTA MESMO DE CHICOTE E HUMILAÇAO

    ResponderExcluir
  54. Quem tem viúva é Fernão, que é o grande derrotado e ja está morto, que nem vergonha tem mais e fica mendigando voto até em casa de gente que ele pisou. Luiz não, quando chega em Macajuba o povo é que vai atrás dele!!! Luiz está MUITO VIVO e vai mostrar que ainda pode ajudar Macajuba, pois vai ganhar as eleições!

    ResponderExcluir
  55. Hugo como você mesmo disse FERNÃO SÓ QUER LAVAR A ALMA mas diga a ele que o povo não vai deixar mais ele chicotear ninguem. E que se ele quer realmente LAVAR A ALMA ele vá procurar uma Religião pra ver se DEUS ainda concegui lavar essa ALMA imunda

    ResponderExcluir
  56. É impressionante a maneira como as pessoas fazem relatos de coisas infundadas em tamanhas mentiras e absurdos relacionadas a determinadas pessoas citadas aqui neste blog, uma ferramenta tão tecnologica e tão inovadora que é a internet e neste caso o (blog), sendo utilizada de maneira tão inescrupulosa para denegrir pessoas que muitos nem conhecem de perto e não tem o mínimo conhecimento possível para citar tamanhos absurdos a respeito das mesmas, sei sim, que quando se entra na política a vida de quem nesta vida adentra, fica irrestrita para toda a população à qual se estar subordinado a prestação de serviços em prol de melhorias para uma sociedade, mas daí a perder tempo escrevendo mesquinharias num meio de comunicação tão importante, coisas que talvez nem os principais "protagonistas" verão...
    O que se ver em nossa Macajuba é um fanatismo ridículo onde as pessoas idolatram supostos candidatos o tempo inteiro, há algum tempo nosso município mais pareçe um campo de concentração onde ocorrem sucessivas batalhas que não levam a nada e a lugar algum, a cidade perde muito com isto, as pessoas ainda mais, pois, se ao invés de ficarem postando coisas infundadas na internet sobre a vida de pessoas que nem conhecem, tomassem atitudes de verdade embasadas em fatos concretos tenho certeza que o município não estaria assim. Algo positiva já teria aconteçido.
    Vendo os comentários aqui postados,é preciso que o povo de Macajuba entenda o seguinte:
    1º) Não se deve confundir política com politicagem
    2º) Não se deve misturar problemas pessoais com a real situação do minicipio.
    3º) É importante que o próximo governate invista pesado em educação, e que coloque nas nossas escolas profissionais de psico-pedagia bem treinados e capacitados para preparar psicologicamente as nossas crianças para que se tornem adultos com argumentos consistentes, com um bom senso crítico e com mentes abertas para o diálogo em qualquer assunto, pois, o que vemos em macajuba hoje é uma grande maioria da população DOENTE,com uma mente fechada para novas ideias e incapazes de mudar, reajustar ou reformular suas opiniões, o que traz graves consequências para uma sociedade que precisa de mudanças já. Prova disso são os comentários lunáticos de algumas pessoas aqui no blog.
    4º) Embora muitos não saibam, o voto é secreto e não há necessidade de escancara-ló para toda a população.
    5º) Quem faz a campanha eleitoral são os politicos e não os eleitores, portanto, não é necessário que os mesmos fiquem escondidos através de redes sociais citando abobrinhas, calunias e defamações, ofendendo até mesmo membros das famílias dos candidatos que não estão envolvidos diretamente na campanha eleitoral, é preciso que haja respeito entre a população, o voto é livre e cada um escolhe o que acha melhor para governar a cidade, se as pessoas querem respeito é preciso que elas deem respeito e não adianta dizer que o candidato A ou B não se respeita ou que não dá exemplo, não importa o que os outros fazem, viva sua vida da maneira mas correta possível...


    Sem mais para o momento, peço ao senhor Leandro Pamponet que divulgue este comentário, pois, o mesmo não contem ofensas pessoais!

    Att. Muito Obrigado!

    ResponderExcluir
  57. Aécio como pré-candidato, é o fim dos tempos, se isto for mesmo verdade Macajuba receberá a pá de cal que precisa para ser enterrada!

    ResponderExcluir
  58. aecio para macajuba e um caos.mas como luiz disse que vem morar aqui em macajuba,pensando que o povo e objeto vamos da a resposta que eles mereçe.

    ResponderExcluir

DEVIDO A FALTA DE EDUCAÇÃO E FANATISMO POLÍTICO DE ALGUMAS PESSOAS (DE AMBOS OS LADOS), A PARTIR DE AGORA PARA COMENTAR É PRECISO FAZER O LOGGIN, PRIMEIRO. Comentários anônimos estão suspensos por tempo indeterminado.

Infelizmente, algumas pessoas não entenderam que a matéria "PREFEITO FERNÃO TEM CONTAS DE CAMPANHA DESAPROVADAS E PODE TER DIPLOMA CASSADO PELA JUSTIÇA" não é uma opinião, mas sim, uma INFORMAÇÃO, baseada na sentença da Juíza, disponível no site do TSE.

Att,

Leandro Souza